Eutectic Castolin - Consumíveis de solda, corte plasma e metalização, placas antidesgaste, metalização e serviços de soldagem de manutenção
pesquisar

Contacte-nos

Endereço:
Rua Arthur Barbarini, 959 - Distrito Industrial de Indaiatuba
Tel.: 019 3113-2800 - CEP 13347-436 - Indaiatuba - SP
E-mail: vendas@eutectic.com.br

Envie sua mensagem preenchendo os dados abaixo:

Nome
E-mail
Telefone
Empresa
Mensagem

Instruções para armazenagem, ressecagem
e conservação de eletrodos revestidos


Armazenagem:
Manter os eltrodos nas embalagens originais, não violadas, na posição vertical, apoiadas em estrados de madeira.

Ressecagem:
Após abrir a embalagem, colocar os eletrodos na estufa, recomendado para eletrodos com revestimento de alto rendimento tipo XHD, eletrodos básicos / rutílicos e para eletrodos de Ferro Fundido. Utilizar fornos adequados.


Ver tabela abaixo:

Família de Produtos

Temperatura

Tempo

 

°C

h

Eletrodos básicos

300 ± 25

1.5 ± 0.5

Eletrodos celulosicos

250 ± 25

1.5 ± 0.5

Eletrodos rutílicos

180 ± 25

1.5 ± 0.5

Eletrodos p/ Revestimento

200 ± 25

1.5 ± 0.5

Eletrodos p/ Ferro Fundido

180 ± 10

1.5 ± 0.5

Eletrodos Inoxidáveis

225 ± 25

1.5 ± 0.5

Elet. P/ ligas de Cu, Ni, Co

225 ± 25

1.5 ± 0.5

Eletrodos p/ Alumínio

150 ± 10

1.5 ± 0.5

 

 

Manutenção:
Manter em estufas próprias

 

Família de Produtos

Temperatura

 

°C

Eletrodos XHD

100 ± 15

Eletrodos p/ Revestimento

100 ± 15

Eletrodos p/ Ferro Fundido

160 ± 10

Eletrodos Inoxidáveis

100 ± 15

Elet. P/ ligas de Cu, Ni, Co

160 ± 10

Eletrodos p/ Alumínio

150 ± 10

 

 

Aplicação:
Manter os eletrodos em "cochichos" por 2h (mínimo) antes da aplicação, na temperatura de manutenção.



Armazenamento dos Consumíveis:

Os consumíveis devem seguir as especificações quanto ao seu armazenamento. No Brasil se utiliza a Norma Petrobrás N133. As principais recomendações quanto ao armazenamento e manuseio dos consumíveis estão nos parágrafos abaixo.

 

Os eletrodos, varetas, fluxos e arames em sua embalagem original devem ser armazenados sobre estrados ou prateleiras, em estufas que atendam as seguintes condições:

Quando as latas são armazenadas na posição vertical devem preservar as pontas dos eletrodos. Estas pontas devem estar voltadas para cima, devendo seguir as instruções do fabricante.

 

A ordem de retirada de embalagens do estoque deve evitar a utilização preferencial dos materiais recém chegados.

 

Os eletrodos e fluxos de baixo hidrogênio devem ser submetidos à secagem e às condições de manutenção da secagem em estufas apropriadas.

Na estufa de secagem, os eletrodos devem ser dispostos em prateleiras, em camada não superior a 50mm e na estufa de manutenção de secagem em camada igual ou inferior a 150mm.

 

Nas estufas com bandejas para secagem ou manutenção de secagem, a camada de fluxo deve ser igual ou inferior a 50mm.

 

A secagem e a manutenção de secagem devem obedecer aos parâmetros requeridos nas especificações ou nas recomendações do fabricante.

 

Os eletrodos revestidos de baixo hidrogênio, quando de sua utilização, devem ser mantidos em estufas portáteis, em temperatura entre 80°C e 150°C. As estufas devem ser calibradas.

 

Os eletrodos revestidos de baixo hidrogênio que, fora da estufa de manutenção de secagem, não forem utilizados após uma jornada de trabalho devem ser identificados e retornar à estufa de manutenção para serem ressecados. Permite-se apenas uma ressecagem.

 

A seguir são apresentados alguns exemplos de estufas utilizados na operação de soldagem:

 

Estufa de Secagem:
Devem ter termostato e termômetro. A estufa deve manter a temperatura até 400°C.

dicas de soldagem - como armazenar eletrodos em estufas de secagem

 

Estufa de Manutenção de Secagem:
Devem ter termostato e termômetro. A estufa deve manter a temperatura até 200°C. Estas estufas devem permitir a circulação do ar.

 

dicas de soldagem - como armazenar eletrodos em estufas de manutenção de secagem

 

Estufas Portáteis:

Devem ter termostato e termômetro. Acompanham o soldador individualmente. Estas estufas devem manter a temperatura entre 80°C e 150°C.

 

dicas de soldagem - como armazenar eletrodos em estufas portáteis

Parâmetros para armazenagem e ressecagem de eletrodos revestidos.
A ressecagem deve ser executada conforme os parâmetros abaixo:

Produto

Armazenagem

T (°C) Ressecagem

T (min) Ressecagem

4802

50

180

60

4801 /  4803 / 4805 / 4807

50

300

60

4808

50

250

60

6 CHW

50

200

60

6 HSS

50

300

60

N 10 BS/ EC 4901

50

200

60

N 12 CGS

50

250

60

40

50

250

60

112

50

150

60

185 XFC

NR

50

60

536

50

350

60

XHD 646 / EC 4902

50

350

60

660

50

250

60

XHD 4444 / XHD 4040

50

300

60

N 6006 /  EC 4904 / 6070

50

200

30

XHD N6006

50

350

60

XHD 6710 / XHD 6723

50

200

30

XHD 6711 / EC 4908

50

200

60

EC 4905 / EC 4906 / N 9025

50

200

60

SUGARTEC XHD / SUGARTEC GG

50

200

30

XNT 2222 / 4022 / 4099

50

200

60

16 XFC / 18 XFC / 1801 /  1020 XFC

NR

50

60

680 / 690

50

200

60

680 CGS

50

350

60

27 / 2-44 / 22*23

50

180

60

22*24 / 4909 / 4005 NiFe

50

180

60

XHD 2480

50

180

60

XHD 1851 / N 2850

50

300

60

CASTOLIN 2101 S

50

150

30

03 / 4401

50

150

30

4708 / 4712 / 4716

50

200

60

4710 / 4717 / 4722

50

200

60

NR: Não Requerido
Ressecagem: Deve ser feito quando o eletrodo absorveu umidade. Esta ressecagem deve ser executada em forno ou estufa, respeitando a temperatura e o tempo.

Faça o download do arquivo de Como Armazenar, Ressecar e Conservar Eletrodos Revestidos

Veja também:

[Fechar]
Siga-nos no LinkedIn
• Copyright 2017 - Todos os direitos reservados - Design by Pedro Kitta/Eutectic do Brasil Ltda.
Contatos: Indaiatuba: 019 3113-2800 - Belo Horizonte: 031 2191-4988